Conexão Xalingo – Blog

Sala de aula e pizzaria combinam? Descubra!

educacao-e-pizzaria

Elaine Cristina de Andrade é professora e fez sua turma colocar a mão na massa para aprender conceitos de empreendedorismo através de design thinking, canvas e apresentação de pitch.

A professora sempre acreditou nas práticas dentro da educação, algo que levasse emoção aos conteúdos passados. E depois de estudar diversos formatos lúdicos, testou um método que acelera a oportunidade da vivência empreendedora. Foi assim que surgiu a “pizzaria da inovação”.

Segundo Elaine, “é uma aula bastante dinâmica, que também pode ser feita com crepes e lanches. Conduzi essa atividade com várias turmas distintas da educação profissional do ensino médio, com o propósito de ensinar sobre empreendedorismo e inovação, utilizando as ferramentas de design thinking, canvasbusiness model generation (quadro de modelo de negócios) e apresentação em formato de pitch”.

Na primeira aula, a professora contextualizou que até o o final de semana seria aberto um novo negócio na área alimentícia e o trabalho foi realizado em equipes. Eles “inauguraram” uma pizzaria, mas cada equipe trabalhara com um cliente específico.

Elaine levou cartazes com 5 personas: o romântico, o esportista, o sensual, o irreverente e o nerd. Solicitou aos seus alunos que visualizassem as características de cada persona e colocassem um post-it com o nome deles ao lado dos cartazes que melhor se identificavam, para mais tarde resgatarmos isso.

E, assim, iniciaram um negócio do zero, trabalhando o mapa da empatia, se colocando no lugar das personas e entrevistando os colegas de sala sobre seus gostos e preferências conforme haviam apontado nos post-its.

Na segunda aula, já haviam estruturado o mapa da empatia e elaborado um canvas, indicando neste último como seriam suas abordagens de negócios, canais de comunicação, relacionamento com o cliente, receitas, parceiros-chave, recursos e atividades necessárias para tirar tudo do papel de fato.

Na aula seguinte, eles construíram uma forma de se comunicar com seu potencial cliente e criaram páginas nas redes sociais, fizeram entrevistas estruturadas de forma online, além da presencial (análise de mercado). O terceiro encontro discutiu como seria a abordagem no formato de pitch, apresentando todo o modelo de negócios como se estivessem num fórum de investimentos para pedir dinheiro para montarem esse negócio de verdade.

Na aula seguinte, que durou um período inteiro, os times se dividiram e enquanto uns ensaiavam para vender, outros foram para a cozinha da escola preparar as pizzas de verdade. E teve de tudo: pizza em formato de símbolos de Pokémon, super-homem, outra cortada em formato de coração, e os sabores também muito diferentes, receitas da massa com elaboração diferenciada e farinhas com baixo carboidrato, além de misturas inusitadas antes nunca testadas e assim concluíram a pizza.

No final da aula, para fechar os conteúdos, Elaine fez um Kahoot (questionário interativo) para jogar com eles os conceitos aprendidos. Foi unânime: os alunos perceberam que estavam com muitas sinapses novas, relataram que foi prazeroso e divertido, e assim conseguimos fazer uma realidade diferente para um contexto empreendedor.

E para ficar por dentro das últimas novidades da Xalingo Brinquedos, inscreva-se em nosso canal no Youtube:  https://www.youtube.com/channel/UCnboP10bPCLYgMJ8AzwRBGg

Fonte: http://porvir.org/professora-transforma-sala-de-aula-em-pizzaria-da-inovacao/

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *