Conexão Xalingo – Blog

Desenho animado para ensinar física? Descubra

post02

Pesquisadores da Unicamp produzem desenho animado para ensinar física a adolescentes. Projeto ‘Anima Física’ traduz conceitos e teorias em forma de animação e visa facilitar compreensão dos estudantes.

Um grupo de pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) em Campinas/SP, em parceria com o Núcleo de Cinema e Animação da cidade, está utilizando desenhos animados para ensinar sobre conceitos de física de partículas.

Intitulada “Anima Física”, a iniciativa tem como público-alvo adolescentes entre 12 e 16 anos que cursam o ensino médio ou estejam concluindo o fundamental.

Para desenvolver o curta, o professor titular do Instituto de Física da Unicamp Marcelo Guzzo, que também integra o Grupo de Estudo de Física e Astrofísica de Neutrinos (Gefan) na instituição, conta que foi preciso se reunir com o grupo de animadores para uma intensa aula de física para garantir a exatidão teórica do projeto.

Na outra ponta, o animador Maurício Squarisi ficou à frente da parte artística. Não foi o aprendizado sobre o conteúdo científico presente na animação que mais o impressionou, tampouco o sucesso em transformar teoria em traços coloridos e divertidos. O animador garante que teve a atenção captada por algo, segundo ele, inesperado.

“A gente, que vive no mundo da arte, fica imaginando que no mundo da ciência eles [cientistas] são todos meio bitolados. Uma coisa muito legal foi ver o quão eles são criativos e libertos. O artista e o cientista são muito próximos, dialogam muito. Eles, como nós, estão criando o tempo todo, e a imaginação funciona assim”.

Prótons, elétrons e rock ‘n roll

Com experiência em desenhos que envolvem conteúdo histórico e educacional, o animador Maurício Squarisi explica a concepção do roteiro.

“Trata-se de uma adolescente chamada Mari, que é fã de rock. Na história, ela faz uma aposta com o pai dela, que tem um baú. Caso ela acerte o conteúdo do baú, ganhará ingressos para assistir a um show de sua banda favorita”.

Na trama, a adolescente utiliza a teoria das partículas para se dar bem e garantir presença na apresentação musical. Entre os destaques presentes no trabalho final, o artista destaca a “brasilidade” que deu o tom da história. “A personagem principal é filha de um professor de física negro e de uma mãe que, além de ser professora de biologia, é uma imigrante italiana”.

O objetivo, segundo Squarisi, é aproveitar o conteúdo do desenho para exaltar a diversidade presente no Brasil de maneira bem-humorada.

Créditos das imagens: Quarks e Léptons/Reprodução

E para ficar por dentro das últimas novidades da Xalingo Brinquedos, inscreva-se em nosso canal no Youtube:  https://www.youtube.com/channel/UCEu_wTApB06msiH5SXQ-JRg

Fonte: https://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2019/06/30/pesquisadores-da-unicamp-produzem-desenho-animado-para-ensinar-fisica-a-adolescentes-veja-imagens.ghtml

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *