Conexão Xalingo – Blog

Saiba como a gamificação pode inovar as suas aulas

post01

A gamificação deixou de ser tendência para ser tornar realidade dentro das salas de aulas. E entender o conceito e ver exemplos, pode te ajudar a inovar em suas aulas, através dos games.

Aqui no Conexão Xalingo já trouxemos diversos exemplos de gamificação (confira: http://xalingo.com.br/conexao/tag/gamificacao/) e hoje trazemos a palavra de especialistas no assunto, como da Paula Carolei, professora e coordenadora da graduação em Design Educacional da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Segundo ela, a gamificação pode promover uma postura mais exploratória e autoral por parte dos alunos. “Por isso, o professor deve criar bons desafios, coerentes com as competências que se espera desenvolver no aluno, quanto mais ações e reflexões o desafios demandarem, mais significativo será o aprendizado”, diz.

Paula complementa que a gamificação pode ser utilizada, por exemplo, no desenvolvimento das competências de investigação científica. “A gamificação deve ter desafios que promovam a observação, elaboração de hipóteses a percepção de padrões e singularidade, organização de informações e tomada de decisão, como um jogo de detetive, em que se vai coletando pistas e criando modelos de explicação e testando esses modelos”.

Exemplo prático de gamificação

Você pode propor, por exemplo, uma ação gamificada que faz uso do QRCode (Código QR), onde os estudantes têm a oportunidade de decifrar pistas e missões contidas nesses códigos. Esse caminho pode ser usado em qualquer componente curricular e conteúdo. Auxilia no desenvolvimento da criatividade, autonomia, promover o diálogo e resolver situações problemas.

Para essa ação, esconda a pista e proponha que os alunos utilizem os seus smartphones para descobrir o significado (que estará oculto) em cada QRCode. Um exemplo: digamos que você esteja trabalhando a história da Arte Moderna. É possível, então, transformar as imagens em QRCode para que os estudantes desvendem pistas atreladas ao tema da aula e ajudem na compreensão do tópico.

Alguns sites oferecem a possibilidade de gerar esses códigos gratuitamente só indicando o link da página que você gostaria que os alunos fossem direcionados, como é o caso do QR Code Generator.

Para Paula, “o segredo é sempre pensar como eu posso transformar a entrega de conteúdo em uma atividade de descoberta, de encontrar pistas e criar modelos”. Esse seria um caminho para deixar uma aula expositiva mais atraente. Ainda de acordo com ela, além dos desafios, seria preciso criar o que ela chama de “círculo mágico”: “um contexto, uma narrativa, um grupo, algo que vai gerar imersão. E, por fim, uma boa gamificação deve ser divertida, no sentido não apenas de criar um prazer alienado, mas de ser uma provocação, uma tensão, de experimentar outros mundos, outras realidades, uma outra versão diversa”.

Créditos da imagem: GettyImages

E para ficar por dentro das últimas novidades da Xalingo Brinquedos, inscreva-se em nosso canal no Youtube:  https://www.youtube.com/channel/UCEu_wTApB06msiH5SXQ-JRg

Fonte: https://novaescola.org.br/conteudo/15426/dicas-e-exemplos-para-levar-a-gamificacao-para-a-sala-de-aula

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *