Conexão Xalingo – Blog

Tecnologia traz benefícios para a educação, mas é preciso atenção

post03

Muito tempo de tela pode causar ansiedade e depressão em crianças e adolescentes, diz estudo.

Segundo pesquisadores, a partir dos 2 anos efeitos negativos já podem ser identificados. Uma hora por dia é ideal em crianças de 2 a 5 anos; duas horas em crianças e adolescentes em idade escolar.

Muito tempo gasto em jogos, smartphones e televisão está associado a níveis elevados e a diagnósticos de ansiedade ou depressão em crianças a partir dos 2 anos de idade, de acordo com um novo estudo.

Mesmo depois de apenas uma hora de tela diariamente, crianças e adolescentes podem começar a ter menos curiosidade, menor autocontrole, menos estabilidade emocional e maior incapacidade de terminar tarefas, relata Jean Twenge, psicólogo da Universidade Estadual de San Diego e Keith Campbell, professor de psicologia da Universidade da Geórgia.

Os resultados de Twenge e Campbell foram publicados em um artigo, “Associações entre tempo de tela e menor bem-estar psicológico entre crianças e adolescentes: evidências de um estudo de base populacional”, publicado este mês na revista cientifíca “Preventative Medicine Reports”.

Twenge e Campbell estavam particularmente interessados ​​em associações entre tempo de tela e diagnósticos de ansiedade e depressão em jovens, o que ainda não foi estudado em grande detalhe.

Suas descobertas fornecem alguns dados mais amplos em uma época em que os jovens têm maior acesso à tecnologias digitais e gastam mais tempo usando tecnologia eletrônica exclusivamente para entretenimento, e também como autoridades de saúde estão tentando identificar as melhores práticas para gerenciar o vício em tecnologia.

“Pesquisas anteriores sobre associações entre tempo de tela e bem-estar psicológico entre crianças e adolescentes têm sido conflitantes, levando alguns pesquisadores a questionar os limites do tempo de tela sugeridos por organizações médicas”, escreveram Twenge e Campbell em seu artigo.

O Instituto Nacional de Saúde dos EUA estima que os jovens geralmente gastam uma média de cinco a sete horas em telas durante o tempo de lazer. Além disso, um corpo crescente de pesquisas indica que essa quantidade de tempo de tela tem efeitos adversos na saúde geral e no bem-estar dos jovens.

A Organização Mundial da Saúde decidiu incluir o vício em videogames na 11ª revisão da Classificação Internacional de Doenças. A organização está encorajando “maior atenção dos profissionais de saúde aos riscos do desenvolvimento desse distúrbio”, já que o vício em jogos pode agora ser classificado como uma doença.

Fonte: https://g1.globo.com/bemestar/noticia/2018/10/30/muito-tempo-de-tela-pode-causar-ansiedade-e-depressao-em-criancas-e-adolescentes-diz-estudo.ghtml

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *