Conexão Xalingo – Blog

Você, professor, precisa ver esta série

post03

“Corações e Mentes” é uma série dirigida por Cacau Rhoden e que apresenta experiências de empatia, trabalho em equipe, criatividade e protagonismo em diferentes regiões do país.

A série mostra como a empatia, o trabalho em equipe, a criatividade e o protagonismo têm sido pontos positivos em escolas públicas e particulares de São Paulo, Bahia, Pernambuco, Ceará e Amazonas. “Corações e Mentes” está disponível na plataforma Videocamp e passa no canal pago GNT.

Dirigida por Cacau Rhoden, a série apresenta escolas transformadoras e também práticas pedagógicas que estimulam mudanças em comunidades e na vida de crianças, jovens e adultos.

Todos receberam espaço

Em quatro episódios, o programa mostra escolas que assumiram o compromisso de não deixar nenhum estudante para trás. “A série tem como uma das suas principais mensagens mostrar que a educação é um espaço de potência para a transformação das nossas próprias vidas e também da vida em comunidade”, afirma Raquel Franzim, coordenadora do programa Escolas Transformadoras, iniciativa da organização internacional Ashoka, correalizado no Brasil pelo Instituto Alana.

Integrantes do programa Escolas Transformadoras, formado por uma comunidade de 21 escolas brasileiras e outras 262 escolas espalhadas em 34 países, as instituições que aparecem na série compartilham alguns valores. De acordo com Raquel, os principais são a coragem e a ousadia para enfrentar desafios. “Não basta um compromisso político e um compromisso com cada estudante. Muitas vezes é necessário coragem”, destaca.

No primeiro episódio, a série fala sobre empatia, valor considerado essencial em um cenário de intolerância e dificuldade de se respeitar o outro. Já no segundo, a discussão gira em torno do trabalho colaborativo. O terceiro tem como destaque a criatividade, como uma competência para ser aprendida e cultivada nas escolas. Por fim, “Corações e Mentes” trata do protagonismo de estudantes, educadores, gestores e famílias na transformação da educação.

Além de ser exibida no canal GNT, a série pode ser assistida na plataforma Videocamp, que reúne produções audiovisuais de impacto. No site, o usuário tem a possibilidade de organizar uma exibição pública gratuita. Com duração aproximada de 30 minutos, os episódios também podem ser apresentados em reuniões escolares, formações, encontros e congressos. “Queremos muito que essa série promova boas conversas. Toda a estrutura foi pensada para isso”, conclui a coordenadora do programa Escolas Transformadoras.

Veja o teaser da série: https://youtu.be/IgIwoUVm3eI

Fonte: http://porvir.org/serie-mostra-o-trabalho-coletivo-em-escolas-transformadoras/

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *