Conexão Xalingo – Blog

Você sabe como engajar as aulas de física? Este instituto deu suas dicas

post01

As aulas de física assustam muitos alunos. Principalmente a parte matemática da matéria. Mas este instituto canadense está auxiliando professores brasileiros a mudar a realidade sobre a disciplina aqui no Brasil.

O Perimeter Institute, do Canadá, trouxe ao nosso país seus representantes Greg Dick e Dave Fish, para a realização de oficinas que apresentaram, a professores brasileiros, temas como buracos negros e física de partículas. Esses assuntos normalmente ficam fora do currículo tradicional, mas podem ser grandes aliados no despertar do interesse dos alunos pela ciência.

Cientes dos problemas enfrentados pelos educadores brasileiros, como o período de vestibular e o currículo extenso, Greg e Dave buscam mostrar que, de certa forma, os professores já ensinam tópico da ciência moderna, como é o caso de movimento circular. Com apenas uma aula a mais, eles poderiam ampliar seu alcance para matéria escura.

O novo repertório e o contato com atividades mão na massa foram oferecidos durante um curso para 54 professores no final de setembro, no Instituto Sul-Americano de Pesquisa Fundamental, localizado no campus da Unesp (Universidade Estadual Paulista) na capital paulista, realizado em parceria com o Instituto Serrapilheira do Rio de Janeiro/RJ.

Instituto mostra o lado criativo da Física

Como muitos alunos têm resistência à física devido a dificuldades com a matemática, as atividades do Perimeter exploram o lado imaginativo e criativo da ciência. “Tentamos falar de matéria escura e mecânica quântica sem mostrar nenhuma equação”, afirma Dick. “Tentamos falar de matéria escura e mecânica quântica sem mostrar nenhuma equação”, afirma Dick.

“Não basta simplesmente jogar equações e dizer quais são aquelas relacionadas ao movimento. Essa é uma maneira terrível de ensinar”, diz seu colega Dave Fish. “Em vez disso, mostramos aos professores como seus alunos podem olhar para uma situação interessante. Como ele pode descrevê-la? Vão precisar de números? Como eles devem se relacionar?”, exemplifica, reforçando a ideia de preparação do terreno até a entrada da matemática.

Para chegar nesse estágio, no entanto, os representantes da instituição canadense ressaltam que primeiro é necessário apoiar o professor para que adquira confiança. “Para um professor jovem e inexperiente, é muito mais fácil ensinar por meio de fórmulas e garantir que os alunos façam a conta certa”, afirma Dick. “Com o nosso material, buscamos permitir que o professor deixe de lado essa abordagem numérica simplista”.

Material gratuito

Atualmente, os materiais do Perimeter estão publicados em inglês e francês, mas devem ganhar em breve versão em português, graças a uma parceria com as instituições brasileiras envolvidas nas oficinas. A exemplo do que aconteceu no Canadá, nos Estados Unidos e em diferentes países da Europa, também deve ser criada uma rede de educadores que ajudará a disseminar os conceitos para outros docentes e escolas pelo país.

Créditos da imagem: Divulgação

Fonte: http://porvir.org/criatividade-encontra-a-aula-de-fisica/

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *