Conexão Xalingo – Blog

Saiba como a tecnologia está auxiliando esses professores

post02

Os alunos do 8º ano, do Colégio Poliedro, em São José dos Campos/SP, estão aprendendo ciências com ferramentas que fogem do convencional “giz, lousa e livros”. É a tecnologia, mais uma vez, mostrando que vem para auxiliar os professores a tornarem as aulas cada vez mais dinâmicas e engajadas.

A professora Bianca Netto Rodrigues tem utilizado recursos tecnológicos como jogos, lousa digital e realidade aumentada para mostrar organismos, órgãos, sistemas e ecossistemas em funcionamento. “Hoje o acesso à informação é mais fácil e rápido, por isso o papel do professor vem mudando e atuamos como mediadores do processo de aprendizagem”, afirma.

E o que os alunos têm pensado sobre as inovações? Para a estudante Maria Rita Resende Aquino, de 13 anos, a tecnologia é muito boa para a sua educação: “acredito que a tecnologia favoreça a aula de Ciências não só por ser atrativa, mas porque facilita no aprendizado, saindo daquela teoria de todos os dias. Como atualmente a vida gira em torno da tecnologia, acho muito legal ter esses recursos na escola, onde passo a maior parte do tempo”, diz ela.

Os projetos tecnológicos buscam ampliar os desafios e caminhos de aprendizagem. “Ao propor que os alunos trabalhem em grupos com autonomia na construção de jogos educativos virtuais, eles precisam se empenhar para aprender linguagem de programação ou usar a criatividade na criação. Eles aprendem enquanto se divertem”, ressalta a professora.

As aulas com inovações tecnológicas, além de transmitirem conceitos de ciências de forma mais divertida, permitem que os alunos tenham contato com linguagem de programação e desenvolvam autonomia na elaboração de jogos. “O planejamento completo do jogo deve ser pensado e executado pelo grupo, desde o objetivo principal, as regras, o tipo de jogo, sua construção, teste e funcionamento”, explica a docente.

A utilização da realidade aumentada amplia a curiosidade dos estudantes. O recurso tecnológico permite que vejam detalhes da estrutura de órgãos e organismos em funcionamento. Já as projeções de imagens e animações também são úteis para demonstrar o funcionamento de órgãos e/ou sistemas do corpo humano. Em todas as aulas, a professora utiliza a lousa digital, uma vez que facilita e agiliza o manuseio de diferentes ferramentas, possibilitando o acesso à Internet.

O OneNote, por exemplo, é um programa amplamente utilizado na preparação das aulas, permitindo que pais e alunos tenham acesso às anotações realizadas na lousa durante as aulas.

Fonte: https://www.segs.com.br/educacao/134804-professora-de-ciencias-inova-com-aulas-repletas-de-tecnologia

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *