Conexão Xalingo – Blog

RoboRoach

post01

Criar um inseto-robô é uma das muitas tarefas que já é possível uma criança realizar. Possibilitar que situações como essa se tornem comuns, faz parte da missão do neurocientista americano, Greg Gage, de tornar a neurociência mais acessível para o público em geral, principalmente crianças e adolescentes.

Se antes a neurociência era limitada a laboratórios e centro de pesquisas, agora já começa a aparecer em salas de aula, em grande parte por Gage e sua empresa: a Backyard Brains. Ela desenvolve dispositivos efetivos em experimentos neurológicos e um dos seus lançamentos de maior repercussão é o RoboRoach, apresentado no Campus Party 2018. O RoboRoach é uma barata ciborgue que pode ser considerada uma precursora das abelhas-robô, que aparecem no episódio “Odiados pela nação”, da terceira temporada da série Black Mirror.

O RoboRoach é uma das experiências que fazem parte da ideia de Gage para formar uma nova geração de neurocientistas capazes de resolver um dos grandes problemas da humanidade: as doenças neurológicas, como Alzheimer e Parkinson, que afetam milhões de pessoas em todo o mundo. Qualquer um pode criar este protótipo de inseto-robô: basta ter US$ 150 (cerca de R$ 500) e comprar o pacote do RoboRoach à venda no site da empresa.

Veja um vídeo para entender melhor o seu funcionamento:
https://www.youtube.com/watch?v=L0jBzi-gKco

Fonte:
https://tecnologia.uol.com.br/noticias/redacao/2018/01/31/para-neurocientista-acesso-a-tecnologia-pode-levar-a-cura-do-alzheimer.htm

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *