Conexão Xalingo – Blog

Videoconferência aproxima crianças brasileiras e croatas

post02

Gabriela Ferreira de Souza promove uma imersão cultural através de intercâmbio virtual.

Para complementar as aulas de ciências, Gabriela desenvolveu atividade que promove o intercâmbio cultural entre alunos brasileiros e croatas, através de videoconferências. O início foi em aula sobre o sistema digestório, ao ser questionada se todas as crianças comiam feijão e arroz. E foi através de uma rede global de educadores que encontrou uma professora croata, que concordou em fazer parte da atividade.

Então foi realizada uma videoconferência Brasil-Croácia, que contou, antes, com uma aula de “imersão cultural croata”. Por meio dessa aula, Gabriela conversou com a professora croata a fim de obter informações importantes para as crianças brasileiras. No dia da videoconferência, a professora brasileira fez uma breve aula expositiva a respeito do outro país, compartilhando informações relevantes, como localização, língua oficial, número de habitantes e pontos turísticos.

Durante a conversa, que foi realizada por Skype, as crianças croatas mostraram alimentos consumidos nas refeições, como diversos grãos, geleias, bolos, sopas variadas com vegetais, carne de porco, frango e boi, bolo e sorvete. Os alunos brasileiros também mostraram suas refeições, como pão de trigo, leite, manteiga, banana, laranja, arroz, feijão, batata frita, salada de alface, tomate e bife. Eles também ressaltaram o consumo de pratos típicos, como brigadeiro, bolo de cenoura com cobertura de chocolate e feijoada, favoritos entre a turma.

Antes do encerramento da chamada, as crianças croatas demonstraram um jogo que é muito comum no país deles. Os comandos da brincadeira foram em croata, porém, apenas ao observar, os alunos brasileiros notaram que no Brasil há uma brincadeira semelhante, conhecida como “siga o mestre”.

Depois do final da videoconferência, a professora conversou a respeito das diferenças e semelhanças observadas entre a realidade brasileira e a croata. Os alunos mencionaram diversos aspectos, como, por exemplo, a alimentação ser basicamente composta por grãos e vegetais, com boa parte da comida feita em casa e baixo consumo de alimentos industrializados.

Crédito da foto: Arquivo Pessoal de Gabriela Ferreira de Souza

Fonte: http://porvir.org/criancas-brasileiras-croatas-compartilham-experiencias-locais-por-videoconferencia/

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *