Conexão Xalingo – Blog

Superando obstáculos para o aprendizado

post02

O Instituto Handsfree tem ajudado muitas crianças com deficiência a continuarem aprendendo.

É o caso de André Luiz Ventura, que foi diagnosticado com leucemia e, como de decorrência da doença, ficou quadriplégico (sem os movimentos dos braços e pernas). Com o problema, ele deixou de frequentar a escola. Porém, a Handsfree, que é uma organização pernambucana sem fins lucrativos e que produz aparelhos que visam dar qualidade de vida a deficientes, trouxe novas possibilidades a André.

Através de um monitor instalado em casa, André pode interagir com os professores e colegas, que conseguem o ver através de tela instalada na sala de aula. A diferença para programas como Skype e afins, é que ele pode mover o cursor pela tela do computador, apenas com um fone e movimentando a própria cabeça. Uma haste, que é parecida a de um microfone, é colocada na boca para que ele, com uma leve pressão dos lábios, consiga clicar no que quer. E assim, ele pode continuar aprendendo, mesmo com a deficiência.

Fontes: http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/cidades/geral/noticia/2017/08/29/tecnologia-ajuda-na-educacao-de-criancas-com-deficiencia-304100.php

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *